sábado, 13 de dezembro de 2008

Katy do Blog Escrevo Palavras e Choro Poemas

.

http://hugakatia.blogspot.com/
.


.
Saudades! Sim... Talvez... e porque não?...
Se o nosso sonho foi tão alto e forte.
Que bem pensara vê-lo até à morte.
Deslumbrar-me de luz o coração! Esquecer!
.
Para quê?... Ah! como é vão!
Que tudo isso, Amor, nos não importe.
Se ele deixou beleza que conforte.
Deve-nos ser sagrado como o pão!
.
Quantas vezes, Amor, já te esqueci,
Para mais doidamente me lembrar,
Mais doidamente me lembrar de ti!
.
E quem dera que fosse sempre assim:
Quanto menos quisesse recordar.
Mais a saudade andasse presa a mim!
.
.
A vida é sempre a mesma para todos:
rede de ilusões e desenganos.
O quadro é único, a moldura é que é diferente
.
Florbela Espanca
.
.

.

.
Este post faz parte da blogagem coletiva Interlúdio com Florbela,
promovido pelo Blog Interlúdio.
.

Um comentário:

huga katia disse...

Olá querida Flor, quero te dizer q fiquei muito feliz, por ter postado meu blog, vc é uma pessoa muito linda e encantadora,
bjo no coraçao!!